sombra cega (por bruna von sperling)

Hoje, o dia amanheceu de outra cor, você pode ver?

Foto: Julia Casanova


Hoje, o dia amanheceu de outra cor, você pode ver?

Demorei para colocar essas lentes, enxergar através delas me parecia incomodo, decidi ficar com as minhas antigas, elas encaixavam bem certinho para os meus olhos já, tava tudo certo.

Era eu a sombra cega? Por que apareceu na minha vida? Por que comigo? Você me deu essas lentes e insistiu tanto que eu usasse. Ta, hoje eu coloquei. É verdade, ela é incômoda, eu não estava enganada, muito desconfortável. Resseca meus olhos! Que vontade de arrancar isso do meu olho. Ela não sai mais? Como assim? Eu poderia ter continuado cega, não te pedi pra enxergar! Ah, pedi? Como assim eu pedi? Implorei? Você só pode estar louco. Por que jogou luz em mim, na sombra cega? Eu não sei se suporto ver tudo isso. Não ta tudo muito nítido ainda, mas tem muita cor ne? Nossa, tem muita cor! Não conhecia essas cores todas. Diferente, ne? Mas elas ofuscam! Ta vendo? Eu não queria ver! Eu não te pedi isso! Não! E esses formatos? Quanta forma! Suaves ne? Ai, e essa quina que acabei de bater? Como dói! Eu não tinha visto! Eu hein, é muita coisa! Pera, me da um tempo, preciso assimilar! Preciso entender o que é cada coisa, preciso sentir isso tudo, as texturas, os formatos, a maciez, a dureza. Nossa, pera.. que bonito! Uau, pera, estou vendo umas coisas ali! Que coisas são essas? Que lindas! Nossa, posso tocar? É muito lindo! Queria ser como elas. Eu posso? Posso? Serio? Igualzinho? Que? Do jeito que eu quiser? Não pode ser! De qualquer jeito mesmo? Posso escolher até a cor? Tudo tudo? Pera, então deixa eu olhar mais, quero ver mais coisas! Quero ver TUDO! Sim, tudo ué.. para eu poder saber todas as possibilidades que posso ser. É muita coisa? Mas a gente tem tempo! Começou hoje, ainda tem muito! Pera.. ser algo novo? Além de tudo isso que vejo ainda posso ser algo que nem existe? Qualquer coisa mesmo? UAU! Por que demorou tanto para me dar essa lente? Eu tava cega há muito tempo! Você devia ter feito isso antes! Como me deixou cega por tanto tempo? Ta bom, ta bom.. entendi! Mas agora que eu to preparada bora ver tudo, quero ver tudo! Sozinha? Por que? Você me da essa lente e agora me vem com essa? Eu tenho que ir sozinha? Não! Você vem comigo! Vamos?? Ta, ta bom! Você tem razão, vamos com calma! Acho melhor mesmo, estou meio assustada ainda, apesar de feliz! É muito lindo o que to vendo, mas entendo que há perigo, por isso que queria você comigo. Mas ta, ta bom! Entendi já. As lentes são minhas, só eu vejo dessa cor, será mesmo que não é a mesma que vc ve? É, nunca saberemos, só sabemos sendo. Cada um com sua lente, cada um com suas cores. Vamos com calma, sim! Me deixe olhar um pouco para tudo isso sozinha, quando eu estiver pronta eu te chamo! Ai quando você puder ir vc vai, senão eu posso te esperar também.. eu vou um pouco, no caminho eu aguardo até você me alcançar. Mas pera, você já não conhece isso tudo? Me conta então, assim ganhamos tempo. Há, são muitos? Muitos caminhos? Será que eu vou conhecer o que você já conhece? É, ta bom.. não temos como saber.. faz assim: eu vou ficar aqui um pouco, apreciando tudo isso, é tudo novo, preciso ganhar segurança para ir. Quando me sentir pronta eu vou..to curiosa! Ansiosa! Ta, confesso, sinto medo também. Mas sentia quando me pediu para colocar a lente e tá vendo? Eu to vendo!

Obrigada pela insistência! É muito bom enxergar! É bonito, é colorido, é iluminado! Quando puder, chega mais perto? porque sai uma luz ai de dentro de você que me faz ver com mais nitidez. Ah, em mim também tem? Você ve? Todo mundo tem? Ta bom, terei mais atenção! Isso, e confiança! A mesma que teve em mim quando me emprestou suas lentes! Alias, me deu, pq elas não saem mais, você disse ne?

Obrigada pela confiança, sei que são preciosas. Vou cuidar delas e de tudo que ver pela frente, para que quando chegar mais gente, possam ver isso tudo assim, bem lindo. Alias, eu já sei! Onde que tem mais delas? A gente podia pegar e dar pra todo mundo que ainda não tem! É tudo tão lindo! Todo mundo tem que ver! Ué, como assim? Não temos esse poder? Como você me deu então? Onde arranjou essas lentes? Não, não, não posso crer! Em mim? Mas como?

...

A sombra só existe com a presença da luz. Mas o excesso de claridade ofusca toda ela.

Somos luz e sombra.

Acho que seu excesso de luz fez de mim só luz.

Agora somos um grande clarão.

A sombra cega se foi.

  • 14 de maio de 2018
  • -
  • POR bruna von sperling
  • -
  • COMPARTILHAR

Você poderá gostar: